< Voltar às vagas

Professor

  • 386

  • 01

  • Presente desde 1954 em Santa Catarina, a estrutura de atendimento conta com 66 unidades fixas, 23 unidades móveis, 494 salas de aulas e 856 laboratórios didáticos, sendo 749 laboratórios didáticos fixos e 107 laboratórios didáticos móveis, atuando em mais de 237 municípios catarinenses. Também integra três Institutos de Inovação - em laser, sistemas embarcados e sistemas de manufatura - e sete de Tecnologia - automação e tecnologia da informação e da comunicação; alimentos e bebidas; ambiental; eletroeletrônica; logística; materiais e têxtil, vestuário e design. Em mais de seis décadas de existência, o SENAI/SC é referência em educação profissional, formando trabalhadores aptos a contribuir para o desenvolvimento da indústria.

  • Chapecó

  • Escolaridade mínima: Tecnico Formação Acadêmica: Ensino Médio Técnico ou Ensino Médio com Cursos de Qualificação. Experiência mínima: 06 meses de experiência em docência. Para pessoas com deficiência e reabilitados que se candidatarem, o tempo de experiência não será exigido.

  • Professor para atuar na área de Comunicação 1. Planejar, analisar e avaliar projetos educacionais, de acordo com as normas estabelecidas pela instituição, no âmbito das diretrizes organizacionais e pedagógicas; 2. Promover o estudo e a aprendizagem dos alunos, ministrando aulas nos cursos de Aprendizagem Industrial, Iniciação, Qualificação e Aperfeiçoamento Profissional; 3. Avaliar o processo de aprendizagem dos estudantes, mediante a aplicação de instrumentos diversificados de avaliação, de acordo com a metodologia educacional da instituição; 4. Assegurar o uso adequado das instalações, materiais, máquinas, ferramentas e equipamentos utilizados para fins didáticos e tecnológicos, necessários para o desenvolvimento do curso; 5. Colaborar com o planejamento e com a atualização dos projetos educacionais, participando das reuniões previstas nas normas internas da instituição, bem como nas rotinas pedagógicas; 6. Orientar e supervisionar alunos de aprendizagem indústrial, na condição de cotistas em indústrias, acompanhando o desenvolvimento das etapas definidas ao longo do processo; 7. Participar de treinamentos e de reuniões na sua área de atuação, objetivando desenvolver as suas competências técnico-pedagógicas; 8. Exercer as atividades de coordenação de cursos próprios e/ou em parceria com outras instituições, dentro de sua área de competência, sempre que designado pela Direção da Unidade; 9. Executar outras atividades correlatas a critério do superior imediato.

  • 08/01/2018